Revisar a suspensão nos primeiros 6 meses de uso pode aumentar a vida útil.

Pequenos cuidados podem acrescentar muitos anos de vida para a suspensão dianteira. Observar as recomendações do fabricante e fazer a manutenção preventiva são essenciais para garantir longevidade a esse componente fundamental para a boa performance de qualquer mountain bike.

Em geral, as marcas consagradas recomendam a primeira revisão após 50 horas de uso. Essa quantidade de horas equivale a aproximadamente seis meses de uso por um ciclista que pedala com frequência.

Mesmo as bikes que ficam paradas por longos períodos também devem passar pela revisão das 50 horas, pois os retentores podem estar trincados pelo ressecamento natural do material e abrir caminho para a sujeira no interior da suspensão.

Na prática, a revisão é uma manutenção preventiva que inclui a substituição dos retentores e anéis de vedação, além da limpeza e lubrificação das canelas e da parte inferior da suspensão. Algumas suspensões trabalham com uma pequena quantidade de óleo dentro das canelas, nesse caso o óleo é trocado.

Todas as marcas oferecem um kit de reparo para essa revisão com retentores e anéis de vedação. Muitas bike shops e revendedores autorizados oferecem o kit para venda. Consulte o site do fabricante e faça contato com o revendedor autorizado no Brasil para sua marca de suspensão.

Canelas sensíveis

Retentores danificados permitem a entrada de água e partículas de areia e terra que ficam alojadas na bucha deslizante e, consequentemente, aceleram o desgaste do metal das hastes, que são a parte mais sensível de uma suspensão. Uma vez riscadas, estão condenadas à sucata, pois os riscos permitem o vazamento de ar e inutilizam a suspensão.

Nessa primeira revisão, o mecânico especialista vai identificar esses e outros eventuais problemas que podem danificar de modo irrecuperável a suspensão.

Hastes sempre limpas

Enquanto não chega o momento da primeira revisão preventiva, o ciclista deve seguir algumas recomendações básicas para evitar o desgaste prematuro da suspensão. A principal atenção é com a limpeza das hastes na parte visível das canelas, que devem ser limpas com um pano seco após cada pedalada.

Após pegar barro, é recomendado que o ciclista limpe a região das canelas assim que for possível para evitar o ressecamento da lama.

Mas atenção:

Esse serviço exige experiência avançada em mecânica e ferramental especializado. É recomendado que essa manutenção seja feita por profissional treinado e qualificado. Além do ferramental, é necessário o uso de lubrificantes e materiais de limpeza específicos.

A Indy Bike tem mecânicos capacitados e treinados para atender você. Consulte-nos!